Dieta do sim!

 Matéria publicada na Revista Boa Forma Ano 20 nº 7 Ed. 2005 julho
Aqui, restrições não entram! Brigadeiro (ou sorvete, pizza, lasanha...) pode, sim, desde que a sua atitude em relação a essa delícia mude. Descobrir o motivo que está levando você a comer em excesso é fundamental para evitar o gatilho da compulsão e fazer qualquer projeto de emagrecimento dar certo. Autoconhecimento e ioga ajudam nessa batalha!
por Débora Lublinski | fotos Fabio Mangabeira

Esta história não tem um começo muito original: era uma vez uma garota que estava gordinha e andava muito chateada com isso. Ela resolveu, então, encarar uma superdieta. O caminho escolhido foi tomar uma fórmula (do tipo que acelera o coração e deixa a boca seca) e cortar doce, fritura, massa e outras delícias apontadas como vilãs da boa forma. O preço disso tudo? Muito dinheiro para pagar a consulta médica. Muita saúde jogada fora por conta dos remédios. Muito sacrifício para encarar as inúmeras limitações à mesa (A pizza no domingo, o bolo de aniversário, a macarronada em família? Não podem!) e muito, mas muito mesmo, controle para se manter nesse caminho até chegar à meta estipulada (quase sempre inatingível).

Certeza de um final feliz

Os últimos capítulos também não surpreendem. Depois de duas semanas de restrições, essa garota se olha no espelho, até percebe alguma mudança, mas ainda não vê a silhueta da Gisele Bündchen no reflexo e, decepcionada, desiste do projeto, sentindo-se culpada pelo fracasso. A personagem principal dessa novela é a Denise Constantino, psicóloga e professora de hatha ioga, de São Paulo. Mas poderia ser eu, você ou aquela vizinha que vive brigando com a balança. Inconformada com a máxima de que um zíper na boca é o único jeito de qualquer dieta dar certo, Denise resolveu explorar toda a sua bagagem profissional para entender por que é tão difícil perder peso de forma definitiva. A solução, ela garante, está na nossa cabeça. “Precisamos estabelecer uma relação consciente com a comida. Não se trata de reeducação alimentar, mas de aprender uma nova postura para encarar a vida.”

Eu quero emagrecer?

Batizado de Dieta Mental, o método desenvolvido pela psicóloga aposta no poder do autoconhecimento alidado à sabedoria da ioga. Tudo para desmontar as armadilhas emocionais que atrapalham a gente. A primeira arapuca aparece antes mesmo da dieta começar. Ninguém pára para analisar porque quer perder peso. Será que é o marido que faz questão de uma esposa nos moldes da boneca Barbie? Ou todas as amigas descoladas são do tipo alta e magra e você não pode ser uma exceção? “Na maioria das vezes, a decisão de emagrecer vem de fora. É imposta pela sociedade que associa valor pessoal com a aparência: só as mulheres esquálidas são merecedoras de alguma coisa”, diz a especialista. E, assim, com a destruidora sensação de que não somos boas o suficiente para o resto do mundo, não existe força de vontade que dê conta de uma transformação. “Costumo dizer às minhas pacientes que o corpo é apenas uma parte delas, o que não anula todo o restante”, adverte Denise. Pensando dessa forma, fica mais fácil se aceitar à sua moda e conseguir partir para pequenos ajustes que podem melhorar o visual.

Saia do piloto automático!

Bom, se você consultou o seu desejo e constatou que vai se sentir melhor com o jeans mais folgado, o próximo passo é encontrar o botão que tira a sua ligação com a comida do piloto automático. Você sabe que, quando devora uma barra de chocolate, nem sempre está com fome. Então, o que realmente está faltando? O que poderia satisfazer a sua vontade em vez de um doce melecado: carinho, atenção, segurança? “Ao responder essas perguntas, conseguimos eliminar as conexões internas, a maioria inconscientes, que fazem a gente agir de forma descontrolada”, pondera Denise. Nem sempre dá tempo de impedir o ataque ao bolo de chocolate, mas perceber, depois, que o deslize foi impulsionado por uma emoção (tristeza ou raiva, talvez) á é meio caminho andado. A ioga também ajuda a segurar as rédeas da nossa ansiedade e a ativar nossa determinação — a gente conta como ela vira sua aliada a seguir. Aos poucos, será possível perceber que não precisa mais compensar problemas e dificuldades comendo. E o final da história será diferente: você vai poder comer de tudo um pouco, mas de uma forma responsável e consciente, sem precisar viver em guerra com a própria imagem.

Aula de degustação

Já reparou como você come? Com pressa? Com culpa? Com raiva do namorado? Pare e coloque os seus cinco sentidos para funcionar na hora de provar até uma inofensiva balinha: ouça o barulho do papel ao ser aberto, repare na cor, sinta o cheiro e, antes de mastigá-la por inteira, perceba a textura para, então, saboreá-la. Com essa aula de degustação, a psicóloga Denise Constantino ensina que dá para se sentir saciada usando a visão, a audição, o tato e o olfato em vez de utilizar apenas o paladar. Se você agir dessa maneira antes de atacar aquele doce, pode até perceber que não estava com tanta vontade de cometer esse pecado.

A ioga é a sua aliada na hora de dizer não à compulsão

Com as posturas da hatha ioga (uma linha mais suave dessa prática), você percebe o que o seu corpo está sentindo e descobre para que serve cada movimento. Isso também vale para emagrecer: à medida que damos atenção às nossas atitudes, fica mais claro entender e reduzir o gatilho da gula. Esta seqüência trabalha a coluna vertebral e o abdômen. A proposta é melhorar não apenas o eixo corporal mas também a sua postura diante dos alimentos. Já o abdômen fortalecido ajuda estimular a força de vontade, pois ativa o centro de energia dessa região (ou chacra manipura), associado a essa qualidade.

por Michelle às 13h19
::
:: Enviar esta mensagem

FAÇA OS EXERCÍCIOS LENTAMENTE E FIQUE NA POSTURA DURANTE O TEMPO QUE SE SENTIR CONFORTÁVEL

1
Em pé, pernas afastadas na largura dos quadris, joelhos semiflexionados, levante o braço acima da cabeça e curve levemente a lateral da coluna. A palma da mão fica voltada para baixo. Desfaça devagar e repita para o outro lado.
2
Em pé, pernas fastadas na largura dos quadris, joelhos semiflexionados, aproxime o queixo do peito e solte o corpo para a frente, sem a preocupação de encostar as mãos no chão.
3a
Sentada com as pernas cruzadas, segure os joelhos. Leve o centro do peito para a frente e os ombros e cabeça para trás.
3b
Agora inverta o movimento: ative o abdômen e curve as costas levando os ombros para a frente e o queixo para perto do peito.
4
Ainda com as pernas cruzadas, alongue as costas, levando os braços o mais distante do corpo que conseguir. Tente não curvar demais as costas.
5
Apóie os pés no chão, flexionando os joelhos, e estenda os braços na altura das pernas. Vá descendo o tronco lentamente até apoiar as costas no chão. Ative bem o abdômen e aproxime o queixo do peito.
6
Deitada com os pés apoiados no chão, levante os quadris até a altura dos joelhos. As pernas ficam paralelas, os braços soltos ao longo do corpo e o abdômen ativado.
7
Deitada com as pernas estendidas, apóie a planta do pé direito no joelho esquerdo e deixe a perna direita cair para o lado, torcendo a coluna. As mãos ficam ao longo do corpo e a cabeça vira para o lado oposto da perna. Desfaça a postura devagar e repita para o outro lado.
8
Deitada, com o corpo estendido, feche os olhos. Sinta o ar entrando e saindo pelas narinas e perceba pés, pernas, coxas, barriga, braços, ombros, nuca e cabeça relaxados. Registre essa sensação de bem-estar e carregue-a para todas as outras situações (a dieta inclusive!) em que se sentir tensa ou ansiosa.
[PRATIQUE A RESPIRAÇÃO DURANTE O TEMPO QUE FOR CONFORTÁVEL. SE SENTIR CANSAÇO, TONTURA OU QUALQUER OUTRO SINTOMA, PARE IMEDIATAMENTE]
respiração que dribla a ansiedade

A ioga prega que respirar corretamente também tem papel importante quando o assunto é aumentar a sua consciência em relação aos alimentos. Com o primeiro exercício, a respiração abdominal, você desacelera os pensamentos e compreende melhor o que realmente está sentindo – isso evita afundar as mágoas no pacote de biscoito! Quando ficar fácil, passe para o segundo tipo de respiração, a kapalabhati. Ela ativa a região do abdômen, estimulando a digestão e a força de vontade e a coragem.

• Inspire devagar em três tempos, dilatando o abdômen. Solte o ar, murchando a barriga.

• Inspire de forma profunda. Aos pouquinhos, fazendo leves contrações do abdômen, solte o ar pelo nariz como se estivesse com um soluço.

por Michelle às 13h18
::
:: Enviar esta mensagem

Estou levando a sério minha caminhada.

Mas hoje senti muitas dores nas 'canelas'. Não percorri todo o percursso, andei só 4km. O normal é 8km.

 

Para vc obter maiores informações sobre caminhada acesse http://corpoacorpo.uol.com.br/Edicoes/194/artigo4960-1.asp

Boa leitura e MEXA-SE.

 

por Michelle às 22h11
::
:: Enviar esta mensagem

Nos finais de semana, vou fazer caminha no parque da cidade. Durante a semana a caminhada é em quadra residencial.

Esse é um pedacinho do parque. Uma volta completa nele tem 2km e 800m.

Estou amando caminhar, ontem já consegui correr um pouquinho, cerca de 1km.

por Michelle às 10h15
::
:: Enviar esta mensagem

Olá. Estou muito feliz. Pois já tem 1 semana que estou fazendo caminhada todos os dias. Achei uma companheira que me puxa de casa para ir caminhar. Zenaide agradeço suas broncas. Ela não me deixa em casa. E os passos são rápidos e a volta é grande. Eu estava fazendo só uma volta na quadra, ela me coloca para fazer mais de 2. Amanhã vou com o carro medir o tamanho desta quadra. No primeiro dia pensei que ia morrer, mas agora tá tranquilo.

 Meu objetivo é eliminar 20kg. Não tenho muita pressa. Mas agora no final do ano, vou para Brasília, casa da minha mãe. De lá, vou para Goiânia, e ninguem merece chegar nas lojas e as vendedoras falarem que só tem blusas tamanho único. Isso aconteceu no ano passado. Eu chorava de raiva e meus filhos pediam para eu ter calma. O Marlon virou para mim e falou, "Mãe ali tem uma loja para gordos"... foi o fim.

 Esse ano vai ser diferente. Vou comprar muitas roupas...

 

Quem resisti?

por Michelle às 18h57
::
:: Enviar esta mensagem

Minhas medidas.

Em um programa de alimentação ou em qualquer intenção que você tenha em sua vida, é fundamental que você tenha em mente um ponto - é preciso estabelecer objetivos. Se você não estabelecer objetivos, tudo o que você fizer será inútil.

Não adiantará levantar pesos, correr, treinar ou começar uma dieta se você não tiver objetivos definidos.

Olá. Que legal vc estar aqui visitando meu diário. Meu objetivo é chegar aos 70kg.

Vamos lá:

Minhas medidas em 07/11/2005

PESO - 97kg

CINTURA - 101cm

COXA - 73cm

QUADRIL - 119cm

BUSTO - 105cm

BRAÇO - 38cm

JOELHO 48cm

 

 

 

por Michelle às 16h26
::
:: Enviar esta mensagem




Perder peso não precisa (nem deve) ser o seu principal objetivo de vida. Mas fique atenta para não relaxar. Se engordar 2,5 quilos, volte logo à dieta. Esse é um bom limite para você não perder a linha.

Obrigada por sua visita!!!

Essa Sou Eu



Nome: Michelle
Idade: 29 anos
Cidade: Brasília D.F.
Casada, mãe de duas "crianças", o Marlon com 15 anos e a Mariana com 11.


Em algum lugar desses vc me acha.

michellersb

No dia em que subi na balança e vi que eu estava com 100 quilos fui à loucura. Então resolvi mudar de vida.

Altura: 1.69cm
Peso inicial: 100kg
Peso no início do blog:97kg
Peso ideal: 70kg
Manequim atual: 48 - Calça jeans tem que ter lycra

Objetivo:
Chegar nos 70kg e vestir no máximo manequim 40.
Correr uma meia maratona.


Minhas Medidas

Peso

Data Peso IMC
** ****
** ****
** ****
** ****
** ****
** ****
** ****
** ****
** ****
** ****

Medidas

Data 07/11/05 25/11/06
Busto 105102
Abdm. Alto -89
Abdm. Baixo 10495
Cintura 10185
Quadril 119113
Biceps -36
Ante braço -31
Coxa S. 7373
Coxa I. -57
Panturilha 4442

Minhas Fotos




Blogs Lights

-Ana
-Ana Paula
-Andreza
-Andrea
-AndreaPeretti
-Adri
-Anelli
-Alexandra
-Amélie

-Beta
-Beth
-Brenda

-Carol - NovaMulher
-Carolzinha
-Clarice
-Cristiane
-Cristiane775
-Chris
-CrisMelo

-Dani
-Danielle
-Daniela Peres
-Daniela
-Débora
-Elaine
-Ellen Daiane
-Eleonora
-Elisa
-Elaine N
-Eva Vivian
-Evel

-Fabi
-Fabiana
-Fe

-Geisa
-Grazi

-JadnaMattos
-Jaque
-Julia
-Juliana

-Keila
-karina
-Karla Virgínia

-Laura
-Lu
-Lidi
-Lorena
-Lu -Francesa
-Luciana
-Luoka
-Luly
-Lúcia
-Luciana
-Luciana -Curitiba

-Marcia
-Magda
-Maria Rita
-Margarida
-Maura*Malu*
-Mari
-Mariana
-Marina
-Manu
-MeireDuarte
-Michelli
-Michelle
-Missy
-Mônica

-Nani

-Pollyanna Mulher
-Pérola
-Pri


-
-Renata
-Rose

-Sandra
-Sol

-Valerie
-Vera Regina
-Vida
-Vivi
-Vitória


Link-Me



EVINHA – Não há vitória sem luta.







Awards que ganhei




Links Lights


-Revista Boa Forma
-Calcular seu IMC



Vale A Pena Ler

-Francine Thomaz
-Vera S.
-Mônica


Histórico

03/12/2006 09/12/2006
26/11/2006 02/12/2006
19/11/2006 25/11/2006
12/11/2006 18/11/2006
05/11/2006 11/11/2006
29/10/2006 04/11/2006
22/10/2006 28/10/2006
15/10/2006 21/10/2006
08/10/2006 14/10/2006
01/10/2006 07/10/2006
24/09/2006 30/09/2006
17/09/2006 23/09/2006
10/09/2006 16/09/2006
03/09/2006 09/09/2006
27/08/2006 02/09/2006
20/08/2006 26/08/2006
13/08/2006 19/08/2006
06/08/2006 12/08/2006
30/07/2006 05/08/2006
23/07/2006 29/07/2006
16/07/2006 22/07/2006
09/07/2006 15/07/2006
02/07/2006 08/07/2006
25/06/2006 01/07/2006
18/06/2006 24/06/2006
11/06/2006 17/06/2006
21/05/2006 27/05/2006
14/05/2006 20/05/2006
30/04/2006 06/05/2006
23/04/2006 29/04/2006
16/04/2006 22/04/2006
09/04/2006 15/04/2006
02/04/2006 08/04/2006
26/03/2006 01/04/2006
19/03/2006 25/03/2006
19/02/2006 25/02/2006
29/01/2006 04/02/2006
22/01/2006 28/01/2006
15/01/2006 21/01/2006
08/01/2006 14/01/2006
01/01/2006 07/01/2006
18/12/2005 24/12/2005
11/12/2005 17/12/2005
04/12/2005 10/12/2005
27/11/2005 03/12/2005
20/11/2005 26/11/2005
13/11/2005 19/11/2005
06/11/2005 12/11/2005

Visitas


O que é isto?

Leia este blog no seu celular

Créditos



UOL Blog